<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Partner Portal
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Baixar agora
  • Baixar E-book grátis
  • Serviços Gerenciados Cisco Meraki
  • Partner Portal
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Baixar agora
  • Baixar E-book grátis
  • Serviços Gerenciados Cisco Meraki

Perdi meu celular. O que fazer?

Publicado em 3/mar/2015 5:00:00

Veja como minimizar os riscos quando perder seu dispositivo móvel.

Perdi meu celular. O que fazer?

Perder um smartphone é algo muito inconveniente e desagradável. Ainda mais se o equipamento perdido for utilizando tanto para uso pessoal, quanto para uso corporativo, como muitos funcionários já fazem em diversos países do mundo.

A sensação é de termos perdido uma parte de nós mesmos. Especialmente porque carregamos boa parte de informações importantes dentro do celular e não desgrudamos dele quase nunca.

Passamos então a procurar o dispositivo em todos os cantos, ligar para o telefone, para a casa, escritório, refazemos os passos para descobrir onde o perdemos e nada. A primeira reação é um misto de desespero, raiva e tristeza, mas depois acabamos nos conformando.

No entanto, depois de perdermos o dispositivo não adianta mais nos desesperarmos com os dados corporativos e pessoais que estavam armazenados no equipamento. É preciso pensar de forma prática e eficiente:

O que posso fazer para recuperar o dispositivo ou bloquear o acesso aos dados contidos nele?


1- Tente localizar o dispositivo

Boa parte dos sistemas operacionais atuais possuem ferramentas de localização do dispositivo. O iPhone possui o “Find my iPhone” que rastreia o equipamento por meio do GPS. Já o Google possui o “Android Device Manager”, uma ferramenta que localiza o aparelho também pelo GPS e sincroniza a localização com sua conta Gmail cadastrada no celular. Por isso, é sempre indicado manter a função GPS ligada no seu smartphone.

Outras opções interessantes para localizar seu dispositivo são os apps de rastreio por Wi-Fi e GPS, além das funções de localização de dispositivos perdidos que já fazem parte de boa parte dos aplicativos anti-vírus mobile. Um dos apps indicados - e que podem rastrear gratuitamente até 3 dispositivos por conta cadastrada - é o “Prey Anti Theft”. Ele consegue encontrar o equipamento perdido (seja um smartphone, tablet ou notebook) pelo GPS e pelo Wi-Fi. Com isso, você aumenta as chances de reencontrar seu aparelho perdido.


2- Cancele seus serviços de telefonia

Outro passo importante nesse momento é o de notificar a operadora de telefonia para cancelar os serviços da linha imediatamente. Isso porque existe a chance da pessoa que encontrou ou roubou o aparelho conseguir destravar a senha de acesso e usar o dispositivo para ligações e downloads de arquivos, o que acarretará em outra dor de cabeça no final do mês.

É importante também não esquecer de verificar com a sua operadora se você tem direito a algum tipo de seguro, dependendo do seu plano.


3- Boletim de Ocorrência (B.O.)

Faça o B.O. na delegacia mais próxima. Independente se o equipamento foi perdido ou roubado é importante adquirir esse documento, caso o dispositivo seja encontrado.



4- Informe o departamento de TI

Se você também utiliza o dispositivo para trabalhar - prática conhecida como BYOD - não esqueça de informar o departamento de TI da companhia em que trabalha. Isso é necessário pois, dependendo da empresa, existem políticas e procedimentos específicos para casos como este. Algumas empresas podem inclusive ajudar a deletar os dados armazenados no aparelho de forma remota, por meio de sistemas de gerenciamento de dispositivos móveis - os MDMs - caso você não consiga executar essa operação.



Outras dicas

Fazer um backup também é bastante importante para sempre ter acesso fácil aos dados e arquivos que estavam armazenados no dispositivo, mesmo que você o perca. Existem diversos aplicativos gratuitos que efetuam o backup dos dados do equipamento automaticamente e armazenam as informações em Nuvem, seja uma Nuvem pessoal ou da empresa, basta configurar o app.

Outra coisa importante é a utilização das ferramentas de proteção dos smartphones: as senhas - númericas, definição de um padrão de desenho, impressão digital, entre outras - dificultam o acesso ao aparelho, muitas vezes inibindo o uso do dispositivo por quem o encontrou.



14 dicas para manter seu smartphone em forma

 

Fonte:

http://www.mobilit.com.br/blog/perdi-meu-celular-e-agora?utm_content=10913809&utm_medium=social&utm_source=linkedin

Categorias: Mobilidade, BYOD