<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Cibersegurança para pequenas empresas
  • Baixar E-book
  • Westcon-Comstor lança o BlueSky Solutions Marketplace
  • Partner Portal
  • Baixar agora
  • Cibersegurança para pequenas empresas
  • Baixar E-book
  • Acesse agora
  • Partner Portal
  • Baixar agora

Por que investir em governança de TI?

Publicado em 24/set/2019 5:00:00

Contar com um setor de tecnologia altamente disponível e seguro, capaz de agregar valor para os negócios é fundamental no mercado atual. Saiba como esse processo pode ajudar.

 

Por que investir em governança de TI?

 

A TI tornou-se parte crucial das empresas e, por isso, necessita de maior atenção para que ciberameaças não atrapalhem o sucesso dos negócios. Afinal, as informações corporativas estão apoiadas em soluções tecnológicas e dependem delas para se manterem seguras e disponíveis.

Devido a isso, as empresas passaram a necessitar de processos capazes de garantir que suas infraestruturas de TI funcionem corretamente. É nesse contexto que a Governança passa a ser essencial.

A governança de TI permite o gerenciamento de riscos que a tecnologia pode proporcionar para os negócios. Ela atua como um mecanismo de controle que assegura a proteção das informações e, ao mesmo tempo, otimiza os recursos e dá suporte à tomada de decisões.

No artigo de hoje, explicaremos por que seus clientes devem investir nesse processo e mostraremos os benefícios que ele pode oferecer aos negócios. Confira!


Qual o significado de governança de TI?

Governança de TI consiste em um processo de administração da Tecnologia da Informação, de um modo geral, utilizada por uma empresa. Ela garante o total controle sobre os resultados proporcionados para que eles estejam alinhados aos objetivos de do negócio.

Esse processo funciona como uma extensão da governança corporativa que, por sua vez, é responsável pela gestão de todo o empreendimento. Voltada para o setor de TI, esse tipo de governança promove a segurança de todos os dados que trafegam os sistemas e softwares corporativos.

No entanto, mais do que proporcionar um maior controle sobre os ativos de TI, ela busca alinhar o setor ao restante da organização para que a tecnologia trabalhe sempre em prol dos objetivos de negócio, auxiliando a melhorar os resultados.

Além disso, ela é capaz de minimizar riscos, pois envolve planejamento, processos de gestão e outras ações que atuam de forma preventiva, antecipando soluções para eventuais problemas que a empresa possa enfrentar.

 

Entre em contato


Por que investir em governança de TI?

Como você já percebeu, a Governança de TI é uma peça-chave para as empresas que querem se adaptar ao mundo digital atual e, assim, se destacar no mercado. Mas, para convencer seus clientes da importância desse processo, separamos os principais motivos para realizar essa implementação:


1. Maior transparência

Por meio dela, os processos realizados pelo setor de TI são melhores administrados e, por isso, conseguem ser vistos com maior clareza pelo restante da organização.

Além disso, todos os serviços realizados passam a ter maior transparência em relação às responsabilidades e cumprimento adequado das SLAs acordados.


2. Melhor desempenho

Ao realizar o constante monitoramento de todo o tráfego de dados corporativos e buscar sempre alinhar os serviços de TI às metas da organização, a produtividade e performance do setor aumentam.

Um setor de TI bem estruturado é capaz de fornecer melhores soluções e tecnologias para que a comunicação interna, as plataformas e serviços funcionem de forma otimizada.


3. Reforço da segurança

A partir da governança de TI, a empresa é capaz de estar preparada para lidar com os possíveis riscos e vulnerabilidades que podem ameaçar sua rede e causar prejuízos para os negócios.

Além disso, a organização passa a contar com um plano de ação para possíveis desastres, o qual leva em consideração as necessidades e demandas do empreendimento.


4. Confidencialidade

A segurança dos dados é essencial para o sucesso de um bom plano de governança de TI. Por isso, esse processo busca sempre pelas melhores e modernas soluções capazes de garantir a proteção de todos os ativos da empresa.

Portanto, a confidencialidade do processo permite que todos os dados da empresa estejam protegidos quanto a perdas e vazamentos.


5. Otimização dos recursos

Para que os recursos de TI possam proporcionar os melhores benefícios para o empreendimento, a governança visa garantir seu bom funcionamento. Por isso, ela busca mostrar a importância de se investir em novas tecnologias e o retorno financeiro que elas podem proporcionar.

Dessa forma, a empresa sempre irá trabalhar com as melhores ferramentas disponíveis, aumentando a eficiência de todos os processos.


A governança de TI é essencial para que as empresas consigam entender a importância em se investir em tecnologia e enxergar que é possível agregar valor aos negócios quando as ferramentas certas são utilizadas. Portanto, ela é indispensável para qualquer empreendimento.

Categorias: Segurança, Governança