<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Partner Portal
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Baixar agora
  • Baixar E-book grátis
  • Serviços Gerenciados Cisco Meraki
  • Partner Portal
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Baixar agora
  • Baixar E-book grátis
  • Serviços Gerenciados Cisco Meraki

Por que sua empresa deveria estar pensando em implementar a hiperconvergência?

Publicado em 28/out/2016 5:30:00

Conheça os tipos de infraestrutura de TI existentes e a importância da hiperconvergência nesse cenário.

Por que sua empresa deveria estar pensando em implementar a hiperconvergência?Com a completa transformação pela qual as empresas estão passando no que se refere aos seus modelos de negócio, e o aumento gigantesco no volume de dados armazenados, os CIOs enxergam, cada vez mais, a necessidade de desenvolverem soluções em infraestrutura de TI para reduzir custos, aumentar a agilidade no acesso aos dados, simplificar o acesso aos sistemas utilizados e, com isso, otimizar as cargas de trabalho da empresa como um todo.

Nesse cenário, a hiperconvergência vem ganhando bastante atenção como um novo paradigma no gerenciamento de dados nos Data Centers, baseado em tecnologias de Computação em Nuvem. E para entender a importância dessa tendência, precisamos primeiro entender cada um dos tipos de infraestrutura que existem e as principais diferenças entre eles.

 

Tipos de Infraestrutura

Existem 3 infraestruturas básicas de Tecnologia da Informação para armazenamento e acesso dos dados: a tradicional, a convergente e a hiperconvergente. As empresas geralmente buscam alguns pontos como segurança, flexibilidade, escalabilidade, performance, agilidade e confidencialidade para contratar soluções do tipo, e além disso, optam pela terceirização como estratégia primordial para reduzir custos e aumentar a garantia de uso de ótimas tecnologias dentro da companhia.

Entenda cada uma das infraestruturas existentes:

 

Infraestrutura Tradicional

Recentemente, antes da virtualização de boa parte das infraestruturas de TI dentro das empresas, o modelo tradicional acreditava em uma combinação ideal entre hardware e software de um Data Center, trabalhando com componentes dos fornecedores de cada um deles. Com isso, a arquitetura de TI da companhia adquiria uma heterogeneidade complexa e indesejada que era vista pelo CIO como uma “colcha de retalhos”. Atualizações de recursos eram frequentemente necessárias para manter a qualidade do serviço, o que aumentava e desfocava os investimentos da empresa.


Infraestrutura Convergente

A infraestrutura convergente apareceu como possibilidade para as empresas a partir do momento em que a virtualização - bem como seus benefícios - se popularizaram. Com isso, alguns fornecedores de soluções de desenvolvimento de redes de dados começaram a disponibilizar um pacote unificado com tecnologias diversas que incluíam segurança, servidores, switches, roteadores e eram personalizadas para atender as necessidades das organizações, o que diminuía os investimentos maciços na infraestrutura de Data Centers.


Infraestrutura hiperconvergente

Existe um movimento de comoditização da TI - a transformação de bens e serviços ou coisas que podem não ser normalmente percebidos como bens e serviços em uma commodity - já que cada vez mais os fornecedores possuem produtos mais parecidos entre si e a diferenciação fica por conta da inovação na oferta ou em algum atributo novo.

Dentro desse contexto, a hiperconvergência é uma estratégia bastante pertinente para a redução de custos, já que a infraestrutura, padronização e plataformas de administração são todas unificadas, o que cria um ambiente virtualizado e hiperconvergente excelente para armazenar dados em alta performance.

Esse é um perfil mais moderno de arquitetura que garante inovação com bom custo/benefício, oferecendo uma infraestrutura de TI completa e virtualizada, com todos os ativos de rede, sistemas de segurança, softwares e hardwares de alta performance para armazenamento de dados.

 

 

Segurança para Virtualização

 

Razões para migrar para HCI e adotar o padrão

Segundo uma pesquisa feita pelo 451 Group, os principais benefícios citados para migrar para uma infraestrutura hiperconvergida (HCI) são:

  1. • Menos sistemas para gerenciar
    • Modelo melhorado de escala
    • Agilidade melhorada
    • Centralização VM
    • Melhor desempenho

Quanto às desvantagens, os clientes geralmente questionam sobre o modelo de escalabilidade mais fixo (a necessidade de ter que comprar poder de computação e armazenamento juntos), potenciais falhas de arquitetura que surgem a partir da mistura de servidores e poder de computação em uma unidade de infraestrutura, dependência de um fornecedor, além da resistência padrão vinda do departamento de TI com esse tipo de inovação.

Com a mudança no modelo de disponibilização e oferta de soluções de TI nos últimos anos para um modelo de “TI como Serviço”, a Hiperconvergência é um ponto forte dentro da transformação porque modifica a percepção sobre tecnologia. A consumerização da TI e seu foco nas capacidades finais estão tirando a atenção dos níveis de serviço e componentes de serviço dos sistemas de componentes subjacentes.

A ideia é verificar como as empresas podem implementar de forma eficiente e econômica o nível de serviço necessário. Os níveis de serviço de TI costumavam ser uma conversa sobre o nível de componentes (discos rígidos, tamanhos de cache, entre outros) para construir soluções. No entanto, um ambiente orientado ao consumidor não tem um apetite para deliberar sobre os componentes subjacentes. O que isso quer dizer? Que essa mudança na percepção da TI faz com que arquiteturas hiperconvergidas - que consolidam servidores, redes e armazenamento em uma unidade - sejam altamente atrativas para CIOs orientados para serviço.

 

Mas como e em quais tipos de empresas a HCI já foi adotada?

As primeiras implantações de HCI, em sua maioria, aconteceram em pequenas e médias empresas com menos de 1000 colaboradores, em escritórios remotos de grandes companhias e em alguns departamentos de outras empresas. Evidências mais recentes também sugerem que a adoção de produtos HCI está crescendo entre as organizações maiores.

Nestas organizações, é possível enxergar uma nova e forte preferência por produtos HCI desenvolvidas em um fator de forma baseado em ferramentas pré-construídas. Isso porque o mercado de Infraestruturas Hiperconvergentes hoje é composto principalmente de fornecedores que rodam em máquinas virtuais.

Fontes:
https://goo.gl/5dqNpm
https://goo.gl/ZjWkrM
https://goo.gl/WlB6FA

 

Categorias: Cloud Computing, Virtualização, Hiperconvergência