<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Baixar E-book
  • Westcon-Comstor lança o BlueSky Solutions Marketplace
  • Partner Portal
  • Baixar agora
  • Baixar agora
  • Baixar E-book
  • Acesse agora
  • Partner Portal
  • Baixar agora
  • Baixar agora

Segurança na Cloud pública: Mitos e verdades

Publicado em 6/set/2019 5:00:00

Muitas empresas não optam por esse modelo de computação em nuvem por acreditar que ele não é seguro. No entanto, ele pode ser uma ótima opção para seus clientes.

 

Segurança na Cloud pública: Mitos e verdades

 

Praticamente todas as empresas do mercado utilizam pelo menos algum serviço na Nuvem ou estão há alguns passos de migrar seus ativos. Essa tecnologia se popularizou rapidamente e tornou-se fundamental para os negócios na atual era Digital em que vivemos.

Cloud Computing é capaz de proporcionar diversos benefícios para as empresas, como a flexibilização de seus processos de trabalho, aumento da produtividade, da capacidade de armazenamento, redução de custos, reforço da segurança dos dados, entre outros.

O modelo de Nuvem pública está se tornando um dos principais a ser buscado pelas organizações, devido a sua maior acessibilidade. No entanto, muitas pessoas ainda possuem receio em relação a sua segurança.

Por ser um ambiente compartilhado entre vários usuários, as empresas ainda se questionam: “Será que a Cloud Pública realmente é capaz de suprir as necessidades de empreendimentos que lidam com dados de alto valor?”

Para responder essa questão, esclarecemos neste conteúdo os principais mitos e verdades sobre a segurança na Nuvem pública. Acompanhe.

 

Baixar agora


Como a Nuvem pública funciona?

Nesse modelo, diversas empresas alocam seus recursos de computação e armazenamento em uma mesma infraestrutura. No entanto, o provedor do serviço realiza a virtualização de diversos itens, softwares e plataformas dentro do próprio sistema para o uso remoto da empresa, de forma independente e separada de outros clientes.

Dessa forma, é possível receber exatamente o que contratou, tendo flexibilidade para aumentar ou diminuir os recursos conforme as suas necessidades.

Além de compartilhar o acesso, as empresas que contratam esse modelo também dividem os custos de atualização, manutenção e troca de peças, o que permite uma redução considerável nos custos se comparados aos outros modelos.


Mitos e verdades sobre a segurança na Nuvem pública

Para muitas empresas, esse modelo oferece uma proteção inferior aos dados armazenados em relação a Cloud Privada e Híbrida. Isso acaba afetando as tomadas de decisões dos gestores corporativos que desistem de implementar essa opção.

Por isso, é importante esclarecer essa questão. Para ajudar seu canal de TI nessa missão, desvendamos alguns mitos e verdades sobre a segurança na Nuvem pública. Confira:


A nuvem pública não é segura: mito!

Embora os recursos sejam compartilhados entre vários usuários, as empresas provedoras desse modelo investem muitos recursos para garantir a proteção de seus clientes.

Os Data Centers utilizados para hospedar os dados contam com diversos recursos de segurança, automatização e ferramentas robustas que evitam o acesso físico e digital às máquinas.

Além disso, eles contam com atualizações constantes que evitam a exposição dos usuários de possíveis vulnerabilidades.


As aplicações suportam recursos avançados de segurança: verdade!

Os sistemas utilizados pela Cloud pública são compatíveis e integrados entre si, o que permite isolar as aplicações em ambientes virtualizados que garantem a segurança mesmo durante o uso de soluções legadas.

Assim, possíveis brechas e vulnerabilidades não irão afetar os usuários. Mesmo que a ameaça seja direcionada para o sistema utilizado por um cliente, ela não conseguirá ultrapassar as barreiras de proteção.


O nível de controle no modelo público é baixo: mito!

Assim como no modelo privado, na nuvem pública, os usuários conseguem controlar todos os recursos necessários para manter a proteção de seus ativos.

A Cloud pública permite que as empresas definam todos os seus recursos de segurança, rede e hardware de acordo com as suas demandas. Além disso, é possível criar regras de acesso e realizar monitoramentos baseados nas políticas internas da empresa.

Como você pôde perceber, a Cloud Computing Pública já é capaz de oferecer recursos avançados de proteção para seus clientes, evitando que seus dados sejam expostos a ameaças. Por isso, pode ser uma excelente opção para os negócios de seus clientes e não deve ser deixada de lado por causa de mitos.

Categorias: Cloud Computing