<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

CANAL SYNNEX COMSTOR
O blog dos negócios de TI.

Tecnologias para healthcare personalizam a experiência do paciente

Fornecedores de ferramentas oferecem soluções que fidelizam clientes.

 

Tecnologias para healthcare personalizam a experiência do paciente

 

O que a tecnologia é capaz de fazer com informações da saúde de um paciente, trabalhando os dados de exames, consultas, vacinas, enfim, do seu histórico em clínicas, médicos e hospitais ao longo de sua vida?


A resposta é: personalizar e melhorar a experiência do paciente! Sabendo que cada pessoa é única e que tem uma carga genética diferenciada, softwares de gestão de saúde estão entrando no mercado para centralizar as informações, como se fosse um prontuário médico de todas as especialidades online, gerando informações extras ao corpo clínico, que muitas vezes poderiam não aparecer durante exames clínicos, facilitando os diagnósticos.


Além de facilitar e agilizar toda a prescrição médica, as tecnologias são capazes também de realizar agendamentos de consultas por meio de aplicativos, monitorar retornos e remarcações, assim como oferecer ao paciente o benefício de acompanhar a própria saúde por relatórios e alertas.


É possível também assistir vídeos educativos preparados pelo próprio médico ou hospital sobre doenças específicas que podem estar relacionadas com o histórico de saúde de cada paciente.


Uma pessoa, por exemplo, recebe através do celular a sugestão de um vídeo educativo sobre colesterol. Explicando do que se trata, quais os alimentos benéficos para combater a doença, quais outras ações podem ser realizadas para evitar o desregulamento dos índices.

 

New call-to-action

 


A pessoa pode não ter as taxas de colesterol descontroladas, porém, tem histórico familiar positivo para a questão, sendo uma forte candidata a desenvolver a doença. Ou seu último exame de sangue apontou índices limítrofes.


A orientação está nas mãos, o paciente não precisa sair para procurar em portais de busca informações desconexas ou que não estão de acordo com a linha de trabalho de seu cardiologista.


Este é um exemplo de como a tecnologia é capaz de personalizar a experiência do paciente, ajudando na fidelização com um médico ou clínica que o atenda.


Outro exemplo é atender um paciente de outro país, que não tenha fluência na língua local e que queira detalhes específicos sobre um trauma sofrido durante uma viagem de férias. Tecnologias que estão no mercado oferecem serviços de interpretação de línguas, reduzindo altos custos associados aos serviços de tradução.


Casos de sucesso

 operadora de saúde AOK Nordost, que tem mais de 1,75 milhões de pessoas em sua carteira de clientes na Alemanha, utiliza um sistema de gerenciamento de saúde em que oferece aos conveniados um aplicativo em que podem ser acrescentadas suas informações de saúde, resultados de exames, diagnósticos de lesões e outros dados relacionados.


Também, conta com um aplicativo de gerenciamento de atividade física que recorda o usuário quando precisa descansar ou quando pode despertar para novos treinos, colocando mais intensidade nas atividades, de acordo com as suas horas de sono e alimentação ao longo do dia, que foram disponibilizadas pelo próprio usuário.


Além de ter seus dados pessoais em mãos, também contam com um sistema para tirar dúvidas com o convênio e em questões entre paciente e médico. Uma gestante pode, por exemplo, encaminhar um vídeo de ultrassom pelo aplicativo e buscar recomendações de um especialista antes mesmo da consulta presencial.


Já o Hospital Universitário Milton Keynes, do Reino Unido, queria que sua equipe operasse com desempenho máximo. Entretanto, a infraestrutura de TI estava obsoleta e propensa a falhas, dificultando a gestão do corpo clínico.
Até que resolveram contratar um fornecedor de tecnologia que ofereceu uma plataforma que permite a assistência médica digital, desafogando os corredores do hospital e aproveitando o tempo dos especialistas.


A tecnologia também proporcionou melhoria de desempenho entre os profissionais, que passaram a trabalhar juntos de forma mais eficiente, mesmo sendo equipes multidisciplinares. Agora podem ver quando colegas estão disponíveis, as escalas de trabalho e se conectarem por meio de voz, vídeo, conferência ou mensagens instantâneas pelo aplicativo.

Posts relacionados

Quais os desafios que a TI precisa enfrentar com o Home office?

Da segurança à largura de banda, o TI vem passando por desafios expressivos para adaptar o trabalho remoto.

SYNNEX COMSTOR LANÇA MALETA DO VENDEDOR PARA TELEATENDIMENTO MÉDICO

Distribuidor une esforços com a Cisco e com a Yoobot para o desenvolvimento da Maleta.

Gamefication em 6 tópicos

Gamefication ou, traduzindo livremente à Língua Portuguesa, simplesmente “gamificação”.

Escreva seu comentário