<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=633097343493783&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
canal-comstor-logo
O blog dos negócios de TI.
Comstor Americas
  • Partner Portal
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Baixar agora
  • Baixar E-book grátis
  • Partner Portal
  • 7 benefícios da videoconferência: colaboração e comunicação a favor de bons negócios
  • 14 dicas de marketing para revendas de TI
  • Baixar agora
  • Baixar E-book grátis

TI Verde: cloud e mobilidade para empresas mais sustentáveis

Publicado em 3/nov/2017 5:00:00

Veja como sua revenda de TI pode orientar seus clientes no uso de tecnologias da TI verde.

 

TI Verde: cloud e mobilidade para empresas mais sustentáveis

O assunto de sustentabilidade tem sido cada vez mais comentado nos meios governamental e corporativo. Já não é de hoje que soluções sustentáveis para os problemas ambientais têm sido desenvolvidas nas mais diversas áreas do conhecimento, inclusive na TI, com a evolução do conceito de TI Verde.

 

Esse conceito tem sido trabalhado dentro das empresas como uma das principais formas de demonstrar a preocupação com os impactos que o uso de tecnologias vem causando no meio ambiente. Ele representa um conjunto de práticas que são adotadas pelo TI de uma companhia, auxiliando e suportando estratégias de responsabilidade socioambiental.

 

É interessante observar, também, que a TI verde pode representar a economia de energia por promover a gestão de recursos ao longo de todo o ciclo de vida do produto, desde a extração de matéria-prima até o final da vida útil do equipamento, incluindo seu descarte. Além disso, seus projetos visam reduzir desperdícios e aumentar a eficiência de todos os processos e equipamentos que tenham relação com o departamento de tecnologia.

 

Dentro desse cenário, duas ferramentas tecnológicas despontam como opções de TI sustentável: a Computação em Nuvem e a Mobilidade. Elas representam dois dos fenômenos digitais mais importantes das últimas décadas, causando transformações gigantescas no mundo todo, tanto no âmbito corporativo quanto no social.

 

De acordo com um estudo realizado pela Global e-Sustainability Initiative (GeSI), o uso de servidores em nuvem diminui o impacto ambiental nas organizações, por meio do uso mais eficiente de energia e redução da emissão de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera. Só para se ter uma ideia, as empresas brasileiras seriam capazes de poupar, anualmente, em torno US$ 256 milhões de dólares, se cerca de 80% delas migrassem três tipos de aplicações para a nuvem. Além disso, também reduziria a emissão de 123 toneladas de CO2 na atmosfera. A migração para a nuvem pode reduzir em mais de 90% o número de servidores que rodam internamente nas empresas.

 

Porém, engana-se quem acredita que a Computação em Nuvem foi o primeiro movimento para o oferecimento de soluções de sustentabilidade na TI. Antes dela, as empresas buscaram na virtualização dos Data Centers uma redução do impacto ambiental, além do aumento da eficiência energética.

 

No entanto, apenas depois, com a Computação em Nuvem, as organizações conseguiram um melhor racionamento dos recursos de TI, utilizando serviços sob demanda - os chamados "as a service" - que diminuíram a quantidade de máquinas físicas necessárias para realizar os trabalhos.

 

Além disso, a Mobilidade - em conjunto com a nuvem - também gerou economias importantes no que se refere à eficiência financeira e até mesmo de tempo. As empresas reduziram drasticamente a necessidade de viagens para reuniões e criaram a possibilidade de resolver problemas, que antes tomariam dias, em apenas algumas horas.

 

A TI Verde serve para os clientes de uma revenda?

 

Este conceito sustentável serve para todos os tipos de empresas, das multinacionais às PMEs. A aplicação desse tipo de metodologia de trabalho na TI independe do tamanho do negócio dos clientes e do seu canal de TI. O que é preciso ter em mente, obviamente, é que o formato dos projetos, bem como as soluções oferecidas, serão diferentes para cada tipo de empresa, porém com o mesmo objetivo: redução do impacto ambiental, que afetam diretamente os custos de uma empresa.

New Call-to-Action

Para que o cliente possa implementar estratégias de TI verde, é preciso avaliar o segmento da empresa, pois as soluções provavelmente vão variar com base nas atividades-chave da organização. Mas é importante observar algumas diretrizes gerais que servem para quase todos os negócios:

 

  • É ideal que eles utilizem servidores virtualizados ou busquem esse tipo de solução para economizar espaço físico e energia;
  • Oferecer equipamentos mais atualizados, que consumam menos energia, e treinamentos para que os clientes utilizem-nos de maneira consciente;
  • Incentivar a redução do uso de papel. Impressões desnecessárias são um dos pontos mais importantes a serem evitados. O uso de aplicativos, por exemplo, podem, além de reduzir o consumo de papel, otimizar a troca de informações entre os colaboradores;
  • Avaliar a possibilidade do cliente migrar aplicações para os serviços em nuvem, utilizando local e fisicamente apenas o que for indispensável para a empresa. Essa é uma maneira de reduzir a necessidade de compra de equipamentos e o desperdício de recursos.

 

O grande benefício de trabalhar com estratégias de TI Verde é que, além de preservar o meio ambiente com o uso de tecnologias sustentáveis, elas também ajudam os negócios a reduzir custos. Trata-se de uma oportunidade de ouro para as revendas de TI, no momento de convencer seus clientes.

 

 

Fontes:

https://www.netsupport.com.br/blog/ti-verde-sustentabilidade/

https://cloud21.com.br/computacao-em-nuvem/ti-verde-empresas-mais-sustentaveis-com-cloud-computing/

 

Categorias: Cloud Computing, Mobilidade, TI Verde